Última hora

Iémen: coligação liderada por sauditas bombardeia hospital da MSF

Um hospital apoiado pela ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF), na localidade de Abs, no noroeste do Iémen, foi bombardeado esta segunda-feira por aviões da coligação liderada pela Arábia…

Em leitura:

Iémen: coligação liderada por sauditas bombardeia hospital da MSF

Tamanho do texto Aa Aa

Um hospital apoiado pela ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF), na localidade de Abs, no noroeste do Iémen, foi bombardeado esta segunda-feira por aviões da coligação liderada pela Arábia Saudita.

Foi a própria organização humanitária que informou do ataque na província de Hajja, controlada pelos rebeldes houtis, que disse ter ocorrido às 15h45, hora local. A ONG afirmou que há pelo menos 11 vítimas mortais e 19 feridos.

Este bombardeamento acontece dois dias depois de raides áreos que, segundo a Médicos Sem Fronteiras, atingiram uma escola em Saada, outra província do norte do Iémen também nas mãos dos rebeldes, e que resultaram na morte de 10 crianças.

Em 2015, a coligação liderada pela Arábia Saudita, que apoia o presidente Abd Rabbo Mansour Hadi, já tinha bombardeado um hospital dirigido pela ONG no norte do Iémen, afirmando que o local era usado com esconderijo pelos houtis.