Iémen: coligação liderada por sauditas bombardeia hospital da MSF

Iémen: coligação liderada por sauditas bombardeia hospital da MSF
De  Rodrigo Barbosa com AFP / MSF
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um hospital apoiado pela ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF), na localidade de Abs, no noroeste do Iémen, foi bombardeado esta segunda-feira por aviões da coligação liderada pela Arábia…

PUBLICIDADE

Um hospital apoiado pela ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF), na localidade de Abs, no noroeste do Iémen, foi bombardeado esta segunda-feira por aviões da coligação liderada pela Arábia Saudita.

Foi a própria organização humanitária que informou do ataque na província de Hajja, controlada pelos rebeldes houtis, que disse ter ocorrido às 15h45, hora local. A ONG afirmou que há pelo menos 11 vítimas mortais e 19 feridos.

.MSF</a>: 1/2 Confirms that Abs hospital was targeted by airstrikes today at 15:45 <a href="https://twitter.com/hashtag/Yemen?src=hash">#Yemen</a> Time. Number of deaths and casualties still unknown.</p>&mdash; أطباء بلا حدود-اليمن (msf_yemen) 15 août 2016

Air strike that hit MSF</a>-supported Abs hospital in <a href="https://twitter.com/hashtag/Hajjah?src=hash">#Hajjah</a>, Yemen kills at least 11 and wounds at least 19</p>&mdash; أطباء بلا حدود-اليمن (msf_yemen) 15 août 2016

Este bombardeamento acontece dois dias depois de raides áreos que, segundo a Médicos Sem Fronteiras, atingiram uma escola em Saada, outra província do norte do Iémen também nas mãos dos rebeldes, e que resultaram na morte de 10 crianças.

Em 2015, a coligação liderada pela Arábia Saudita, que apoia o presidente Abd Rabbo Mansour Hadi, já tinha bombardeado um hospital dirigido pela ONG no norte do Iémen, afirmando que o local era usado com esconderijo pelos houtis.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

EUA e Reino Unido atacam alvos Houthi no Iémen depois de um navio ter sido atingido no Mar Vermelho

EUA avisam que não vão parar ataques contra militantes apoiados pelo Irão no Iraque e na Síria

Tripulação apaga incêndio em petroleiro atingido por míssil Houthi ao largo do Iémen