Última hora

Em leitura:

Autor do atentado de Daca morto pela polícia

mundo

Autor do atentado de Daca morto pela polícia

Publicidade

Três alegados jihadistas foram mortos num tiroteio com a polícia do Bangladexe, depois de terem recusado render-se.

Um dos militantes islamitas mortos na operação terá sido o autor do ataque em Daca, no mês passado, que matou 22 pessoas, sobretudo estrangeiros.

O inspetor-geral da polícia do Bangladexe, Shahidul Hoque, explica como se desenrolou a operação: “Os membros da polícia de Naraynganj, juntamente com a unidade de operações especiais, conduziram a operação, que durou uma hora. Antes disso, fizeram-se vários preparativos. Ao fim de uma hora, entrámos na casa e encontrámos os três homens mortos. Entre eles, encontrámos um com grandes parecenças com Tamim Chowdhury. Mais tarde conseguimos confirmar que se trata dele”.

No dia um de julho, um homem, identificado como Tamim Chowdhury, armado com várias facas, armas automáticas e bombas entrou num restaurante muito popular na capital do país e fez 35 reféns. Morreram 22 pessoas, a maioria dos quais turistas estrangeiros, entre italianos e japoneses. O ataque foi reivindicado pelo Daesh.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte