Última hora

Coreia do Norte: Novo teste nuclear preocupa ocidente

O ocidente e os países da região estão particularmente preocupados com o aumento dos testes nucleares de Pyongyang

Em leitura:

Coreia do Norte: Novo teste nuclear preocupa ocidente

Tamanho do texto Aa Aa

Quem semeia ventos, colhe tempestades e a Coreia do Norte prepara-se para receber mais uma vaga de sanções da ONU.

Isso mesmo pede Barack Obama, após o mais recente teste nuclear que Pyongyang garante ter efetuado esta madrugada – o quinto, em 10 anos.

A Coreia do Norte afirma que este é o teste mais potente alguma vez realizado pelo regime comunista.

Para os países da região e o ocidente, é mais um motivo de inquietação, como assume o secretário de Estado norte-americano: “A China, a Rússia, os Estados Unidos… todos partilhamos a mesma preocupação e ainda estamos a tentar averiguar o que realmente ocorreu. E a dado momento, vamos discutir isto no Conselho de Segurança da ONU – tenho a certeza.”

As palavras de John Kerry têm eco nas do chefe da Diplomacia russa, Serguei Lavrov: “Estamos muito preocupados e – repetimos – as resoluções do Conselho de Segurança têm de se implementadas.”

Desde o primeiro teste nuclear, em 2006, o conselho de segurança da ONU já decretou cinco vagas de sanções conta Pyongyang. Uma nova pode surgir esta sexta-feira, após a reunião de emergência pedida pela Coreia do Sul, Japão e Estados Unidos.