Última hora

Última hora

Cimeira europeia em Viena sobre segurança das fronteiras

Chefes de Estado e de Governo de dez países da União Europeia reunem-se em Viena para analisar as questões dos refugiados e das migrações.

Em leitura:

Cimeira europeia em Viena sobre segurança das fronteiras

Tamanho do texto Aa Aa

Chefes de Estado e de Governo de dez países da União Europeia reunem-se em Viena para analisar as questões dos refugiados e das migrações.

O objetivo desta cimeira é acelerar as decisões que Bruxelas deve tomar sobre a segurança nas fronteiras e a forma de ajudar os países que recebem maior número de refugiados.

Líderes dos estados membros que fazem parte da chamada rota dos Balcãs querem barrar o caminho ao fluxo migratório incontrolável através do fecho e vigilância das fronteiras.

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, indicou que o encontro de hoje seria usado para discutir sobre a eficácia das ações.

Apesar do consenso sobre a importância da proteção das fronteiras, a cimeira será marcada pelas claras divergências dentro da UE sobre a crise dos refugiados.

Alguns países, sobretudo a Hungria, tentam impedir a aplicação do sistema de repartição solidária por cotas entre os membros do bloco. Posição que será mantida na reunião deste sábado.
O enviado da Euronews, Tanács Gábor, comenta: Os países da rota dos Balcãs discordam entre si mas também cooperam. A discórdia prevalece mas a gestão da crise não deve ser afetada”.