Última hora

Última hora

Parlamento russo aprova base aérea permanente na Síria

O Parlamento russo deu “luz verde” à instalação de uma base aérea permanente na Síria.

Em leitura:

Parlamento russo aprova base aérea permanente na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento russo deu “luz verde” à instalação de uma base aérea permanente na Síria.

Com o voto favorável de 446 dos 450 deputados da Duma, foi ratificado esta sexta-feira um acordo com Damasco que prevê a mobilização “por uma duração indeterminada” de forças aéreas russas no aeródromo militar de Hmeimim, no oeste do território sírio.

O presidente do Parlamento russo, Vyacheslav Volodin, afirmou que “a Rússia é um país que ama a Paz e sublinha sempre que está a fazer tudo para apoiá-la. A operação na Síria constitui uma luta contra o terrorismo, contra o mal. E esta questão é importante para os cidadãos russos, bem como para os povos de outros países”.

A Rússia, que conta também com uma base naval em Tartus, no noroeste da Síria, iniciou a intervenção aérea no território a 30 de setembro de 2015, visando o que diz serem “alvos terroristas” em apoio do regime de Bashar al-Assab.

Mas os bombardeamentos russos, em particular em Alepo, atrairam as críticas do Ocidente, que denuncia crimes de guerra em ataques contra civis.