Parlamento russo aprova base aérea permanente na Síria

Parlamento russo aprova base aérea permanente na Síria
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Parlamento russo deu “luz verde” à instalação de uma base aérea permanente na Síria.

PUBLICIDADE

O Parlamento russo deu “luz verde” à instalação de uma base aérea permanente na Síria.

Com o voto favorável de 446 dos 450 deputados da Duma, foi ratificado esta sexta-feira um acordo com Damasco que prevê a mobilização “por uma duração indeterminada” de forças aéreas russas no aeródromo militar de Hmeimim, no oeste do território sírio.

O presidente do Parlamento russo, Vyacheslav Volodin, afirmou que “a Rússia é um país que ama a Paz e sublinha sempre que está a fazer tudo para apoiá-la. A operação na Síria constitui uma luta contra o terrorismo, contra o mal. E esta questão é importante para os cidadãos russos, bem como para os povos de outros países”.

A Rússia, que conta também com uma base naval em Tartus, no noroeste da Síria, iniciou a intervenção aérea no território a 30 de setembro de 2015, visando o que diz serem “alvos terroristas” em apoio do regime de Bashar al-Assab.

Mas os bombardeamentos russos, em particular em Alepo, atrairam as críticas do Ocidente, que denuncia crimes de guerra em ataques contra civis.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estónia e Finlândia acusam caças russos de violarem espaço aéreo

Rússia avisa Estados Unidos: ataques contra Assad terão resposta militar

Alepo corre o risco de desaparecer do mapa