Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Estónia e Finlândia acusam caças russos de violarem espaço aéreo

Estónia e Finlândia acusam caças russos de violarem espaço aéreo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Estónia e a Finlândia acusam caças russos SU-27 de terem violado os espaços aéreos dos dois países.

Segundo Tallin, o incidente resumiu-se a menos de um minuto, registado pelos radares por volta das duas horas e meia da manhã. Mas Helsínquia, que divulgou uma foto de um dos caças russos em questão, disse que houve duas entradas distintas no espaço aéreo finlandês, durante a tarde e noite desta quinta-feira.

O ministro finlandês da Defesa afirmou que “é impossível especular sobre os motivos das supostas invasões do espaço aéreo, mas os meios de comunicação estabeleceram uma ligação temporal com a visita do vice-secretário da Defesa dos Estados Unidos, Robert Work. De facto, existe uma ligação temporal, mas é um assunto que o Ministério dos Negócios Estrangeiros vai averiguar com a Rússia”.

Moscovo negou as acusações.

No início de setembro, dois bombardeiros russos Tupolev 160 efetuaram um voo até aos céus próximos de Bilbao, passando pelos espaços aéreos noruguês, britânico, francês e espanhol, no que foi interpretado como uma demonstração de força sem precedentes nas últimas décadas, da parte da Rússia, que passa por um período de relações particularmente “frias” com o Ocidente.