Última hora

Em leitura:

França: Propaganda contra migrantes suscita polémica


França

França: Propaganda contra migrantes suscita polémica

Campanha contra migrantes numa cidade francesa, a procuradoria está a investigar.

O desejo do presidente da câmara foi concretizado, foram afixados cartazes onde se pode ler: “aconteceu, chegaram, os migrantes estão no nosso centro”.

Com 75 mil habitantes, Béziers, no sul de França é uma das cidades que vai receber um centro de acolhimento de candidatos a asilo.

O presidente da câmara, que é próximo da Frente Nacional, de extrema-direita, contesta a decisão.

Robert Menard diz que “o nível de tolerância foi ultrapassado quando certas escolas publicas da sua cidade têm mais de dois terços de crianças de origem migrante”.

Afirma ter “trabalhado dois anos para redinamizar o centro da cidade e que tudo vai ser estragado com o centro de acolhimento de migrantes”.

Um cidadão reflete quem está contra. “Estraga a imagem da cidade e de todos os cidadãos de Beziers, porque nem todos estão de acordo com esta política. Estigmatizamos o imigrante, o que é uma total contradição porque a cidade de Beziers está geminada com uma cidade síria e é cristã. É impressionante”, explica.

As associações de SOS racismo estão em pé de guerra. A procuradoria abriu um inquérito.

O presidente da câmara quer realizar um referendo.

Sobre os cartazes, corre uma petição na internet já com milhares de assinaturas.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

422 vítimas no caso de violência física e sexual do coro alemão católico "Os Pardais"