Última hora

Em leitura:

Templo de Jesus aberto pela primeira vez em séculos

Um grupo de arqueólogos e peritos em restauro conseguiram retirar uma placa de mármore pela primeira vez em vários séculos num esforço para alcançar o que se acredita ser a superfície de pedra onde o corpo de Jesus teria sido colocado.

Muitos historiadores acreditam que a gruta original identificada séculos após a morte de Jesus como sendo o túmulo de Jesus teria desaparecido.

Os trabalhos decorrem na Basílica do Santo Sepulcro em Jerusalém. Os trabalhos fazem parte de um projeto de renovação para reforçar a Edícula, a câmara construída em torno da gruta onde a tradição determina que Jesus teria sido sepultado e de onde teria ressuscitado.

O projeto teve que ser autorizado teve que ser aprovado pelas seis denominações religiosas que gerem o local: a Igreja Ortodoxa Grega, a Igreja Católica Romana, a Igreja Ortodoxa Arménia, os Ortodoxos etíopes e duas comunidades coptas – uma egípcia e outra síria.

As investigações terão que ser concluídas até março de 2017.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Cerveja palestiniana: Um negócio com ambições, apesar dos obstáculos serem muitos