Última hora

Última hora

Malmo: Papa apela à generosidade para com os que sofrem

O Papa Francisco concluiu esta terça-feira a sua primeira visita à Suécia com uma missa para a comunidade católica, na festa litúrgica de Todos os Santos.

Em leitura:

Malmo: Papa apela à generosidade para com os que sofrem

Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco concluiu esta terça-feira a sua primeira visita à Suécia com uma missa para a comunidade católica, na festa litúrgica de Todos os Santos. Francisco elogiou os gestos de generosidade para com aqueles que passam necessidades e sofrem.

O Papa presidiu à celebração no Estádio Swedbank de Malmo, perante várias delegações ecuménicas e responsáveis políticos. Na homila, louvou a santidade que por vezes não se manifesta em grandes obras, mas que sabe viver, fiel e diariamente, o amor a Deus e ao próximo.

Francisco iniciou na segunda-feira esta viagem ecuménica à Suécia, para comemorar, com a Federação Luterana Mundial, o quinto centenário da reforma protestante.

Entre os líderes religiosos presentes na celebração ecuménica de segunda-feira esteve D. Antoine Audo, bispo caldeu de Alepo, Síria.

Não estava no programa

A missa celebrada esta terça-feira para os católicos suecos não estava inicialmente no programa da visita, como revelou o próprio Papa numa entrevista à revista jesuíta italiana La Civiltà Cattolica. Francisco não queria que o encontro com os fiéis católicos retirasse importância à comemoração ecuménica da véspera na catedral luterana de Lund.

O Papa acabou porém por ceder à insistência dos católicos suecos, que desejavam que Francisco aproveitasse esta oportunidade para encontrar uma pequena comunidade que conta 115 mil pessoas. A ausência de um encontro com os católicos no programa inicial que contemplava apenas a comemoração ecuménica provocou alguma mágoa numa comunidade que recorda ainda as perseguições anti-católicas dos séculos passados.