Última hora

Em leitura:

Rússia: Corrupção no Kremlin


Rússia

Rússia: Corrupção no Kremlin

Podem surgir novos suspeitos no decorrer da investigação criminal que envolve o antigo ministro da Economia russo.

Alexei Ulyukayev foi detido, colocado em prisão domiciliária e demitido de funções, na terça-feira, depois de ter sido acusado de extorquir dois milhões de dólares ao grupo petrolífero Rosneft.

O Kremlin afirma não compreender o que aconteceu.

“Claro que esta é uma situação difícil para quem está no poder e para o Governo. O que aconteceu está além do meu entendimento. Discuti este assunto com o presidente, que partilha esta opinião. No entanto, deve iniciar-se uma investigação para se descortinar o que aconteceu. Uma investigação no âmbito da atual legislação”, afirma o primeiro-ministro Dmitry Medvedev.

Segundo alguns “media” russos, citados pela Reuters, o caso pode causar mais baixas na administração de Vladimir Putin.

Os jornais russos divulgaram várias notícias dizendo que ministros e assessores, próximos do primeiro-ministro Dmitry Medvedev, estão alegadamente sob vigilância e podem ser envolvidos no caso.

Alexei Ulyukayev opôs-se, publicamente, à venda de metade do capital da Bashneft à Rosneft, liderada por Igor Sechin, porém, após um volta-face no Kremlin, foi obrigado a montar uma transação de cerca quatro mil milhões de euros.

Com: Reuters; Lusa.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Obama quer manter "aliança forte" entre EUA e Grécia