This content is not available in your region

EUA: Louca sexta-feira negra

Access to the comments Comentários
De  Euronews
EUA: Louca sexta-feira negra

<p>Estados Unidos, a corrida para as compras de Natal começa esta sexta-feira e com descontos. A típica Black Friday decorre sempre no dia a seguir ao feriado nacional da Ação de Graças, e nos últimos anos tem-se espalhado por outros países e continentes. Portugal tem vindo gradualmente a adotar a prática mas ée no Canadá, Reino Unido, México, França e Índia onde a tradição é mais forte.</p> <p>Hoje é feriado para funcionários públicos em alguns estados dos <span class="caps">EUA</span>, como a Califórnia e as lojas abrirem de madrugada para receberem a invasão de consumidores. </p> <p>A origem desta tradição está associada à terça-feira negra de 1929, o crash da bolsa que desencadeou a mais grave crise económica nos <span class="caps">EUA</span>. </p> <p>Outra versão sugere uma conotação racista, relacionando-a com a venda de escravos. </p> <p>A versão ‘oficial’ indica a manifestação nasceu nos anos 50, em Filadélfia, uma cidade do estado da Pensilvânia, que se enchia de moradores do subúrbio que vinham assistir a um jogo de futebol americano entre a Marinha e o Exército.</p> <p>Independentemente das histórias sugeridas os <br /> comerciantes apoderaram-se da data para aumentar as vendas.</p>