Última hora

Paris foi palco de uma manifestação pela imposição imediata de um cessar-fogo no leste de Alepo, norte da Síria, e a implementação de uma urgente operação de assistência humanitária aos residentes que se mantém sitiados na zona.

As tréguas chegaram a ser anunciadas, mas foram violadas esta quarta-feira de manhã alegadamente pelo regime sírio e pelas milícias xiitas aliadas de Bashar al-Assad.

Além de Paris, outras cidades foram também palco de protestos. Em Istambul, em Londres ou Estocolmo centenas de pessoas concentraram-se nas respetivas embaixadas da Rússia destas cidades, protestando contra as alegadas atrocidades cometidas em Alepo.

De uma forma geral, os manifestantes insurgiram-se contra o Presidente sírio, Bashar al-Assad, e o seu principal aliado, o governo russo liderado por Vladimir Putin, ambos sendo catalogados como “terroristas”. Foi também exigido à comunidade internacional uma intervenção para acabar com a destruição da outrora capital comercial da Síria.

Mais vídeos No Comment