Última hora

Em leitura:

Avião da EgyptAir: Egito afirma ter encontrado vestígios de explosivos nos restos mortais das vítimas


Egito

Avião da EgyptAir: Egito afirma ter encontrado vestígios de explosivos nos restos mortais das vítimas

As autoridades egípcias informaram esta quinta-feira que foram encontrados vestígios de explosivos nos restos mortais das vítimas da queda do avião das linhas aéreas egípcias EgyptAir, o voo MS804 que fazia a ligação entre Paris e o Cairo, no dia 19 de maio.

Morreram as 66 pessoas a bordo, entre as quais 40 egípcios e 15 franceses.

O Egito previlgiou sempre a tese do atentado, mas os investigadores franceses defendem que se tratou de um problema técnico, evocando o facto de uma das caixas negras ter registado um alerta de fogo antes da queda do avião.

O Airbus A320 caíu no Mediterrâneo entre Creta e a costa norte do Egito depois de ter desaparecido subitamente dos radares.

Segundo a agência AFP, o departamento francês de investigações de segurança aérea (BEA) reagiu com alguma reserva ao anúncio feito pelas autoridades egípcias. Os especialistas franceses consideram que não é possível tirar conclusões sobre a causa do acidente sem informações detalhadas sobre as condições em que foram efetuadas as recolhas que conduziram à deteção dos vestígios de explosivos.

Caso a tese do atentado se confirmasse, a próxima questão a esclarecer seria de que forma foi colocada uma bomba a bordo, no aeroporto Charles-de-Gaulle de Paris, de onde descolou o voo MS804.