Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Avião da EgyptAir: Egito afirma ter encontrado vestígios de explosivos nos restos mortais das vítimas

Avião da EgyptAir: Egito afirma ter encontrado vestígios de explosivos nos restos mortais das vítimas
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades egípcias informaram esta quinta-feira que foram encontrados vestígios de explosivos nos restos mortais das vítimas da queda do avião das linhas aéreas egípcias EgyptAir, o voo MS804 que fazia a ligação entre Paris e o Cairo, no dia 19 de maio.

Morreram as 66 pessoas a bordo, entre as quais 40 egípcios e 15 franceses.

O Egito previlgiou sempre a tese do atentado, mas os investigadores franceses defendem que se tratou de um problema técnico, evocando o facto de uma das caixas negras ter registado um alerta de fogo antes da queda do avião.

O Airbus A320 caíu no Mediterrâneo entre Creta e a costa norte do Egito depois de ter desaparecido subitamente dos radares.

Segundo a agência AFP, o departamento francês de investigações de segurança aérea (BEA) reagiu com alguma reserva ao anúncio feito pelas autoridades egípcias. Os especialistas franceses consideram que não é possível tirar conclusões sobre a causa do acidente sem informações detalhadas sobre as condições em que foram efetuadas as recolhas que conduziram à deteção dos vestígios de explosivos.

Caso a tese do atentado se confirmasse, a próxima questão a esclarecer seria de que forma foi colocada uma bomba a bordo, no aeroporto Charles-de-Gaulle de Paris, de onde descolou o voo MS804.