Última hora

Em leitura:

Corpo de Andrei Karlov, embaixador russo na Turquia, chega a Moscovo


Rússia

Corpo de Andrei Karlov, embaixador russo na Turquia, chega a Moscovo

Chegou a Moscovo o avião com o corpo de Andrei Karlov, embaixador russo na Turquia, morto a tiro, segunda-feira, durante um discurso de inauguração de uma exposição de fotografia, em Ancara.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros dos dois países, Sergey Lavrov e Mevlut Cavusoglu, acompanharam a esposa e a mãe do embaixador, enquanto o caixão era retirado do avião.

Numa intervenção diante dos responsáveis dos vários serviços de informação federais, o presidente russo, Vladimir Putin, ordenou o reforço das medidas de segurança em todo o país.
Putin defendeu, ainda, ser necessário uma maior cooperação entre os serviços secretos russos e os de países estrangeiros.

“Peço aos serviços especiais para tomarem medidas adicionais para garantir a segurança na Rússia e a segurança dos colaboradores em missões russas no estrangeiro. Peço igualmente que intensifiquem o trabalho com os serviços secretos estrangeiros”, disse Putin.

Moscovo e Ancara vão trabalhar juntos na investigação da morte do diplomata.
Um grupo de 18 investigadores russos já foi enviado para a Turquia.

Até ao momento, seis pessoas foram detidas.

Karlov, de 62 anos, era embaixador na Turquia desde 2013.

O governo turco considera dar o nome de Andrei Karlov à rua onde se situa a embaixada russa em Ancara.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

mundo

Governos reforçam segurança nos mercados de Natal