Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Corpo de Andrei Karlov, embaixador russo na Turquia, chega a Moscovo

Corpo de Andrei Karlov, embaixador russo na Turquia, chega a Moscovo
Tamanho do texto Aa Aa

Chegou a Moscovo o avião com o corpo de Andrei Karlov, embaixador russo na Turquia, morto a tiro, segunda-feira, durante um discurso de inauguração de uma exposição de fotografia, em Ancara.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros dos dois países, Sergey Lavrov e Mevlut Cavusoglu, acompanharam a esposa e a mãe do embaixador, enquanto o caixão era retirado do avião.

Numa intervenção diante dos responsáveis dos vários serviços de informação federais, o presidente russo, Vladimir Putin, ordenou o reforço das medidas de segurança em todo o país.
Putin defendeu, ainda, ser necessário uma maior cooperação entre os serviços secretos russos e os de países estrangeiros.

“Peço aos serviços especiais para tomarem medidas adicionais para garantir a segurança na Rússia e a segurança dos colaboradores em missões russas no estrangeiro. Peço igualmente que intensifiquem o trabalho com os serviços secretos estrangeiros”, disse Putin.

Moscovo e Ancara vão trabalhar juntos na investigação da morte do diplomata.
Um grupo de 18 investigadores russos já foi enviado para a Turquia.

Até ao momento, seis pessoas foram detidas.

Karlov, de 62 anos, era embaixador na Turquia desde 2013.

O governo turco considera dar o nome de Andrei Karlov à rua onde se situa a embaixada russa em Ancara.