Última hora

Em leitura:

Detida na Dinamarca filha de amiga da presidente sul-coreana


Coreia do Sul

Detida na Dinamarca filha de amiga da presidente sul-coreana

A filha de Choi Soon-Sil, a mulher no centro do escândalo de corrupção que ameaça derrubar a presidente da Coreia do Sul, foi detida na Dinamarca.

Chung Yoo-Ra, de 20 anos, foi interpelada pela polícia dinamarquesa por se encontrar em situação irregular, com um visto fora de validade.

A procuradoria de Seul, que tinha emitido um mandado de captura, está em contacto com as autoridades dinamarquesas para discutir os termos da extradição. O porta-voz do gabinete do procurador explicou que “foi feito um pedido urgente de captura através do ministério da Justiça e estão em curso contactos através do embaixador na Dinamarca e do Ministério dos Negócios Estrangeiros”.

A filha de Choi Soon-Sil é suspeita de ter beneficiado da proximidade da mãe com a presidente sul-coreana para entrar numa das mais prestigiosas universidades do país e de ter recebido milhões de dólares da Samsung para financiar a sua formação equestre.

Chung Yoo-Ra é considerada uma personagem chave no escândalo de tráfico de influências envolvendo a mãe e a presidente Park Geun-Hye, para extorquir somas enormes a vários conglomerados do país.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Turquia

Turquia: Grupo terrorista Estado Islâmico reivindica ataque em discoteca de Istambul