Última hora

Os deputados Social-Democratas abandonaram o parlamento romeno no dia 7 de novembro quando o Presidente Klaus Iohannis discursava.

Alguns gritavam “tenha vergonha” enquanto saíam.