Última hora

Em leitura:

Ucrânia: Donetsk homenageia e Kiev denuncia a morte do "comandante Givi"


mundo

Ucrânia: Donetsk homenageia e Kiev denuncia a morte do "comandante Givi"

Para uns um herói, para outros um terrorista. Milhares de pessoas quiseram prestar a última homenagem a Mikhaïl Tolstykh. Mais conhecido pelo nome de guerra Givi, era um dos líderes dos rebeldes russos em Donetsk, na Ucrânia, e foi abatido esta quarta-feira. Estava no escritório no quartel-general do batalhão que comandava quando foi vítima de uma violenta explosão.

Esta morte acontece no período de alguma calma nos combates no leste ucraniano, depois do reacender da violência há cerca de duas semanas.

Durante o funeral foram ouvidas sobretudo palavras de apoio. Esta moradora na cidade de Donetsk garante que tinha muito respeito por Tolstykh, por todos os que defenderam o território que deve ser independente”.
Os responsáveis da autoproclamada República Popular de Donetsk garantem que o separatista foi vítima de um “ataque terrorista”.

Mas a morte de “Givi” foi vista pelas autoridades de Kiev como uma vitória. Era apontado como um dos mais violentos líderes rebeldes. E alguns vídeos publicados na internet são apresentados como prova disso mesmo.

*Este vídeo contém imagens que podem chocar e impressionar os internautas e foi divulgado pelos próprios membros das milícias separatistas. *

De visita a Bruxelas e após um encontro com o presidente da Comissão Europeia, o primeiro-ministro ucraniano lembrou o caso recente “da grande tragédia provocada pelos bombardeamentos dos separatistas pró-russos na cidade de Avdiyivka, onde não existia qualquer segurança e onde vivem 25 mil pessoas”.

Vários chefes rebeldes foram abatidos em circunstâncias idênticas às de “Givi” nas últimas semanas.
Recorde-se que os combates entre o Exército e as forças rebeldes no leste da Ucrânia…só na semana passada fizeram mais de 40 mortos, deixando uma cidade sem electricidade nem água, muito próxima de uma crise humanitária.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

França

Montpellier: Quatro pessoas detidas suspeitas de prepararem atentado terrorista