Última hora

Última hora

Síria: "Capacetes Brancos" reconhecidos nos Óscares

O longo conflito na Síria também se “introduziu” na cerimónia dos Óscares: o filme “Capacetes Brancos”, do realizador britânico Orlando von Einsiedel, conquistou a estatueta para o Melhor Documentário

Em leitura:

Síria: "Capacetes Brancos" reconhecidos nos Óscares

Tamanho do texto Aa Aa

O longo conflito na Síria também se “introduziu” na cerimónia dos Óscares: o filme “Capacetes Brancos”, do realizador britânico Orlando von Einsiedel, conquistou a estatueta para o Melhor Documentário em Curta-Metragem.

Para Raed Saleh, fundador do grupo de voluntários da Defesa Civil Síria retratados no filme, a distinção reveste-se de uma importância crucial:

“Em nome de todos os voluntários dos Capacetes Brancos na Síria, quero agradecer este grande prémio, que ajudará a dar a todos os voluntários o apoio moral para continuarem a resgatar civis na Síria.”

O documentário de 40 minutos demonstra o difícil combate da organização de voluntários sírios, criada em 2013, para assistir as populações afetadas pelo conflito. Estima-se que os chamados “Capacetes Brancos”, considerados como uma ONG humanitária e financiados por uma série de países ocidentais, estiveram envolvidos no salvamento de 81.000 vidas até ao momento.