Última hora

Em leitura:

Avó deportada para Singapura depois de 28 anos no Reino Unido


mundo

Avó deportada para Singapura depois de 28 anos no Reino Unido

O caso de uma mulher deportada para Singapura está a chocar o Reino Unido. Irene Clennell é casada com um cidadão britânico e vivia no país há 28 anos, o que está a tornar o assunto ainda mais incompreensível. A razão apontada para a deportação foi a estadia prolongada em Singapura, onde esteve a tratar dos pais, que vieram a morrer.

Irene queixa-se da forma como foi tratada: “Os agentes de segurança trataram-me como se fosse uma terrorista. Pequenina como sou, imaginem dois homens enormes a agarrar-me pelos braços e a levar-me. Foi degradante e não vejo por que razão fizeram isso. Eu não ia fugir”, conta.

Irene tem filhos e uma neta nascidos no Reino Unido. Regressou com um visto de turismo. Quando o visto acabou, foi colocada num centro de retenção na Escócia e deportada no domingo. Estão a decorrer várias campanhas para ajudar Irene, nomeadamente a pagar advogados.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

EUA

Trump acusa Obama de responsabilidade por protestos contra republicanos