Última hora

Em leitura:

Grand Slam de Bacu, destaques do segundo dia


Desporto

Grand Slam de Bacu, destaques do segundo dia

Neste segundo dia do Grand Slam de Bacu, destaque para dois judocas: Rufat Ismayilov, do Azerbaijão, deu uma alegria ao público da casa, com a medalha de outro nos menos de 81 quilos, em masculinos. O caminho até à final começou com a vitória sobre o compatriota Sunatulla Azimov, na primeira ronda, continuou ao derrotar Kenya Kohara, do Japão, na semifinal e depois, na final, Saeid Mollaei, do Irão. Começou por marcar um waza-ari com um seoi-nage e venceu aos pontos: “Foi muito inspirador ter todo o público da casa a apoiar-me, senti-me muito honrado e motivado. Isso ajudou-me a conseguir a medalha”, disse o judoca.

Nos femininos, a atleta do dia foi a colombiana Yuri Alvelar, medalha de ouro nos menos de 70 quilos.

Começou por derrotar Aida Bakhisova, do Azerbaijão, venceu depois Aleksandra Samardzic, da Bósnia e na final, 100% sul-americana, derrotou a venezuelana Elvismar Rodríguez, a competir com as cores da Federação Internacional de Judo, devido às sanções que a federação venezuelana está a sofrer.

Yuri Alvelar é alguém que trata as medalhas por tu: “Estou muito contente, ganhei já muitas medalhas, fui três vezes campeã mundial e ganhei uma medalha olímpica, mas nunca tinha ganho uma medalha de ouro num Grand Slam”.

Destaque também para outras medalhas de ouro neste segundo dia: Em femininos, nos menos de 63 kg, Alice Schlesinger fez tocar o “God Save the Queen” – A judoca do Reino Unido derrotou Andreja Leski, da Eslovénia. Nos masculinos, em menos de 73 quilos, Odbayar Ganbaatar, da Mongólia, bateu o japonês Riki Nakaya.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Desporto

Saltos de esqui: Áustria vence prova por equipas