Última hora

Em leitura:

Roma: Papa aponta o caminho à Europa


Vaticano

Roma: Papa aponta o caminho à Europa

Recordar os pais fundadores da União Europeia para encontrar o caminho do futuro – a mensagem do Papa Francisco que ecoou na sala Régia do Palácio Apostólico num encontro inédito com os 27 chefes de Estado e de Governo da União Europeia.

Na véspera do 60º aniversário do Tratado de Roma, o Sumo Pontífice procurou guiar os líderes de uma Europa que, segundo o Papa, se “desnorteou e vive a década das crises”.

“A Europa descobre uma nova esperança quando o homem está centro e no coração das suas instituições. Estou convencido que isso confere uma preparação imbuída de confiança para escutar as pessoas que constituem a União.
Infelizmente, existe com frequência um sentimento de separação entre a cidadania e as Instituições Europeias”, proferiu Francisco.

Antes do Papa usar a palavra, coube ao primeiro-ministro italiano, Paolo Gentiloni, e ao Presidente do Parlamento Europeu, António Tanjani, discursarem.

“Podemos derrotar o terrorismo e o problema da imigração e acabar com a crise económica crónica e com o castigo do desemprego jovem, apenas se formos capazes de redescobrir e apreciar as razões que nos juntaram”, afirmou Tanjani.

Um encontro inédito num momento difícil da construção europeia.

No 60º aniversário do Tratado que oficializou a criação da Comunidade Económica Europeia, a União prepara-se para, pela primeira vez, perder um Estado-membro: o Reino Unido.

60° aniversário do Tratado de Roma: Polónia ameaça estragar a festa

Polónia

60° aniversário do Tratado de Roma: Polónia ameaça estragar a festa