This content is not available in your region

Partes de África e Médio Oriente à beira da catástrofe alimentar, diz ONU

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com Reuters, AFP, EBU, AP
Partes de África e Médio Oriente à beira da catástrofe alimentar, diz ONU

<p>As Nações Unidas afirmam que algumas partes de África e do Médio Oriente estão à beira de uma catástrofe alimentar devido à seca e à guerra.</p> <p>De acordo com o Alto Comissariado da <span class="caps">ONU</span> para os Refugiados, <span class="caps">ACNUR</span>, os países mais em risco são a Nigéria, Somália, República do Sul do Sudão e o Iémen.</p> <p>Segundo estimativas das Nações Unidas, cerca de 20 milhões de pessoas habitam em áreas afetadas pela seca o que levou ao aumento das taxas de desnutrição. A situação é particularmente séria entre as crianças.</p> <p>“O Alto Comissariado da <span class="caps">ONU</span> para os Refugiados quer relembrar à comunidade internacional que a seca na região do Corno de África em 2011 custou mais de 260 mil vidas, mais de metade eram crianças com idade inferior a cinco anos”, afirmou Adrian Edwards, porta-voz do <span class="caps">ACNUR</span>.</p> <p>Na Somália a seca dura há três anos. No Sudão do Sul a situação é idêntica e agravada por violência e conflitos armados o que está a levar a deslocações em massa em direção ao Uganda e Sudão.</p> <p>As Nações Unidas estimam que são necessários 4,4 mil milhões de dólares para combater o problema. Até ao momento, diz a <span class="caps">ONU</span>, apenas foram obtidos 21% dos fundos, ou seja, 984 milhões de dólares.</p>