Última hora

Última hora

Os "grandes derrotados" apelam ao voto em Macron

Em leitura:

Os "grandes derrotados" apelam ao voto em Macron

Os "grandes derrotados" apelam ao voto em Macron
Tamanho do texto Aa Aa

Os grandes derrotados nestas presidenciais lançaram apelos ao voto útil em Macron face a um eleitorado desiludido com os resultados.
Benoit Hamon não conseguiu dissociar-se da imagem de um partido socialista gasto e reconheceu os erros de campanha:

“Eu não consegui ultrapassar o desastre que se esperava há alguns meses, talvez até anos, e aceito a total responsabilidade por isso, sem culpar as circunstâncias ou as traições.”

Numa sala repleta de fiéis seguidores apesar do escândalo que o envolveu duranta toda a campanha, o conservador François Fillon admite também o seu momento de verdade:

“Apesar de minha determinação, não consegui convencê-los. Os obstáculos colocados no meu caminho eram muito grandes, muito cruéis. Quando chegar o momento, a verdade desta eleição será escrita. Por agora, eu assumo a responsabilidade. Minha, e só minha”.

Sobre o voto na segunda volta, François Fillon exorta os franceses a fazerem barragem contra a extrema-direita.