Os "grandes derrotados" apelam ao voto em Macron

Os "grandes derrotados" apelam ao voto em Macron
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os grandes derrotados nestas presidenciais lançaram apelos ao voto útil em Macron face a um eleitorado desiludido com os resultados.

PUBLICIDADE

Os grandes derrotados nestas presidenciais lançaram apelos ao voto útil em Macron face a um eleitorado desiludido com os resultados.
Benoit Hamon não conseguiu dissociar-se da imagem de um partido socialista gasto e reconheceu os erros de campanha:

“Eu não consegui ultrapassar o desastre que se esperava há alguns meses, talvez até anos, e aceito a total responsabilidade por isso, sem culpar as circunstâncias ou as traições.”

Numa sala repleta de fiéis seguidores apesar do escândalo que o envolveu duranta toda a campanha, o conservador François Fillon admite também o seu momento de verdade:

“Apesar de minha determinação, não consegui convencê-los. Os obstáculos colocados no meu caminho eram muito grandes, muito cruéis. Quando chegar o momento, a verdade desta eleição será escrita. Por agora, eu assumo a responsabilidade. Minha, e só minha”.

Sobre o voto na segunda volta, François Fillon exorta os franceses a fazerem barragem contra a extrema-direita.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tribunal da Relação condena Sarkozy a um ano de prisão, com seis meses de pena efetiva

Moldova denuncia esforços da Rússia para influenciar referendo sobre UE

Presidenciais eslovacas: vitória de Pellegrini reforça governo eurocético de Robert Fico