Última hora

Última hora

EUA vão armar curdos das YPG na Síria

Em leitura:

EUA vão armar curdos das YPG na Síria

EUA vão armar curdos das YPG na Síria
Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos decidiram armar as milícias curdas na Síria para acelerar o combate contra o grupo extremista Estado Islâmico. A justificação para equipar as chamadas Unidades de Proteção do Povo Curdo é a intenção de obter uma clara vitória sobre os “jihadistas” na cidade de Raqqa, capital “de facto” dos extremistas.

Mas a decisão promete irritar a Turquia, aliada da NATO, para quem os milicianos das YPG representam um inimigo.

O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, afirmou que a administração Trump está “perfeitamente ciente das preocupações de segurança dos parceiros de coligação na Turquia” e sublinhou que “os Estados Unidos estão comprometidos com a proteção do seu aliado na NATO”.

A Turquia, que considera as YPG como o braço sírio dos separatistas curdos do PKK – classificado como organização terrorista pela União Europeia e pelos Estados Unidos -, tem efetuado vários bombardeamentos contra os milicianos curdos na Síria.

A decisão dos Estados Unidos surge a menos de uma semana da visita do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, a Washington.