Última hora

Em leitura:

Eleições do Reino Unido: Trabalhistas a sorrir, Conservadores preocupados

As projeções à boca das urnas sugerem um triunfo com sabor a derrota do Partido Conservador, nas eleições gerais antecipadas desta quinta-feira, 8 de junho.

Sem maioria alcançada, os britânicos ficam co um “parlamento suspenso” à espera das grandes decisões:

  • Poderá o partido de Theresa May forçar um governo minoritário ou irá a até aqui primeira-ministra renunciar e seguir o caminho de David Cameron?

  • Poderão os Trabalhistas coligar-se à esquerda e formar um executivo à portuguesa, uma “geringonça” (“contraption”, em inglês)?

Mais de 45 milhões de eleitores foram chamados a eleger os 650 deputados que formam o Parlamento do reino de Isabel II. O partido mais votado é chamado a formar Governo e a escolher o primeiro-ministro.

British elections

Os Trabalhistas lideraram contagem oficial dos votos nas primeiras horas, mas Conservadores passaram para a frente por volta das 05:00 da manhã. A ideia de uma “geringonça” britânica ganha força.

Resultados em direto

Siga as nossas atualizações ao minuto: