This content is not available in your region

Panamá corta com Taiwan e vira-se para a China

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com LUSA
Panamá corta com Taiwan e vira-se para a China

<p>O Panamá anunciou a ruptura dos laços diplomáticos com Taiwan e o estabelecimento de relações oficiais com a China.</p> <p>Os chefes da diplomacia panamenha e chinesa assinaram ontem o acordo que oficializa a aproximação entre o Panamá e Pequim.</p> <p>Taiwan, que perde um dos principais aliados internacionais, condenou a decisão, da qual suspeitava já há duas semanas, segundo o executivo de Taipé.</p> <p>O presidente panamenho afirmou que “o Panamá e a China são países em desenvolvimento, que partilham visões, como a importância da globalização”. Juan Carlos Varela acrescentou que “Taiwan tem sido um grande amigo do Panamá, que agradece a amizade e cooperação no desenvolvimento do país”.</p> <p>A oposição em Taiwan responsabilizou a presidente Tsai Ing-wen pela rutura, por não fazer o suficiente para melhorar os laços com a China, e exigiu a sua comparência no parlamento.</p>