Última hora

Em leitura:

"Estado da União": migração, Turquia e acordo com Japão


Estado da União

"Estado da União": migração, Turquia e acordo com Japão

Pela primeira vez, um presidente da Comissão Europeia quebrou o protocolo habitual e criticou abertamente os eurodeputados.

A irritação de Jean-Claude Juncker, no plenário do Parlamento Europeu, em Estrasburgo, deveu-se ao facto de apenas cerca de 30 eurodeputados estarem no plenário durante o discurso do primeiro-ministro de Malta, de balanço da presidência semestral da União Europeia.

No “Estado da União”, programa semanal que passa em revista a atualidade europeia, destacamos, também, a aprovação do Parlamento Europeu de uma resolução que pede a suspensão das negociações de adesão da Turquia à União Europeia.

Outro tema importante foi a reunião dos ministros da Administração Interna da União Europeia sobre os fluxos migratórios que afetam agora, sobretudo, a Itália. As autoridades italianas ameaçaram fechar os seus portos e pediram aos Estados-membros que recebam os navios com migrantes, mas a proposta foi rejeitada.

Recordamos, ainda, que a União Europeia e o Japão chegaram a acordo político sobre um tratado de livre comércio. Por ter sido obtido na véspera da reunião do G20, em Hamburgo, está a ser visto, também, como uma mensagem contra a política protecionista de Donald Trump, presidente dos EUA.

Agenda da próxima semana:

- segunda-feira, 10 de julho: Reunião do Eurogrupo, em Bruxelas

- terça-feira, 11 de julho: Ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia reúne-se com a Alta Representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros e Segurança, em Bruxelas

- quarta-feira, 12 de julho: Cimeira União Europeia-Ucrânia (até 13 de julho), em Kiev

- sexta-feira, 14 de julho: Celebração do Dia da Bastilha, em Paris

Estado da União: braço-de-ferro entre Reino Unido e União Europeia e UE impõe multa à Google

Estado da União

Estado da União: braço-de-ferro entre Reino Unido e União Europeia e UE impõe multa à Google