Última hora

Em leitura:

Ruandeses deverão reconduzir Kagame


Ruanda

Ruandeses deverão reconduzir Kagame

O Ruanda conta os votos da eleição presidencial desta sexta-feira, que deverá conceder um terceiro mandato a Paul Kagame, que controla os destinos do país há 17 anos.

Visionário para uns, déspota para outros, Kagame enfrenta dois rivais que passaram praticamente despercebidos durante a campanha, entre os quais Frank Habineza. O líder do Partido Verde Democrático opôs-se, em 2015, ao referendo para alterar a Constituição que permitiu ao chefe de Estado recandidatar-se a um terceiro mandato e, potencialmente, manter o poder até 2034.

Felicitado a nível internacional por ter orquestrado uma transição pacífica e uma rápida recuperação económica desde o genocídio de 1994, Kagame tem também sido alvo de críticas crescentes e denúncias de abusos dos direitos humanos e repressão da oposição e dos meios de comunicação independentes.