Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Ruandeses deverão reconduzir Kagame

Ruandeses deverão reconduzir Kagame
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Ruanda conta os votos da eleição presidencial desta sexta-feira, que deverá conceder um terceiro mandato a Paul Kagame, que controla os destinos do país há 17 anos.

Visionário para uns, déspota para outros, Kagame enfrenta dois rivais que passaram praticamente despercebidos durante a campanha, entre os quais Frank Habineza. O líder do Partido Verde Democrático opôs-se, em 2015, ao referendo para alterar a Constituição que permitiu ao chefe de Estado recandidatar-se a um terceiro mandato e, potencialmente, manter o poder até 2034.

Felicitado a nível internacional por ter orquestrado uma transição pacífica e uma rápida recuperação económica desde o genocídio de 1994, Kagame tem também sido alvo de críticas crescentes e denúncias de abusos dos direitos humanos e repressão da oposição e dos meios de comunicação independentes.