Última hora

Última hora

Continuam buscas por marinheiros dos EUA desaparecidos

Em leitura:

Continuam buscas por marinheiros dos EUA desaparecidos

Tamanho do texto Aa Aa

Navios de vários países estão a fazer buscas em águas, no sudeste Asiático, para encontrar os 10 marinheiros dos Estados Unidos desaparecidos depois de uma colisão do USS John S. McCain com um petroleiro grego. O incidente provocou também, cinco feridos. Segundo as autoridades dos EUA.

O proprietário da embarcação, inspecionada na China e que apresentava deficiências em termos de segurança, escreveu na página na internet da empresa que está a cooperar com a Autoridade Portuária Marítima de Singapura nas investigações.

As autoridades da Malásia estão a investigar o ocorrido que aconteceu em águas territoriais do país.

A colisão ocorreu às 05h24, 22h24 de domingo em Lisboa, quando o contratorpedeiro se dirigia para o porto de Singapura e não é uma situação comum:

“Acontecimentos como este são raros. Provavelmente foi azar, da Marinha dos EUA, as duas colisões seguidas”, afirmou Ben Stewart, da Mast Security.

A Marinha norte-americana ordenou já uma investigação profunda ao desempenho e prontidão da 7.ª Frota do Pacífico. Este é o segundo incidente do género, em cerca de dois meses, envolvendo um navio militar desta frota. Na noite de 16 de junho a colisão do USS Fitzgerald com um navio filipino, ao largo da costa do Japão, fez sete mortos.