Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Continuam buscas por marinheiros dos EUA desaparecidos

Continuam buscas por marinheiros dos EUA desaparecidos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Navios de vários países estão a fazer buscas em águas, no sudeste Asiático, para encontrar os 10 marinheiros dos Estados Unidos desaparecidos depois de uma colisão do USS John S. McCain com um petroleiro grego. O incidente provocou também, cinco feridos. Segundo as autoridades dos EUA.

O proprietário da embarcação, inspecionada na China e que apresentava deficiências em termos de segurança, escreveu na página na internet da empresa que está a cooperar com a Autoridade Portuária Marítima de Singapura nas investigações.

As autoridades da Malásia estão a investigar o ocorrido que aconteceu em águas territoriais do país.

A colisão ocorreu às 05h24, 22h24 de domingo em Lisboa, quando o contratorpedeiro se dirigia para o porto de Singapura e não é uma situação comum:

“Acontecimentos como este são raros. Provavelmente foi azar, da Marinha dos EUA, as duas colisões seguidas”, afirmou Ben Stewart, da Mast Security.

A Marinha norte-americana ordenou já uma investigação profunda ao desempenho e prontidão da 7.ª Frota do Pacífico. Este é o segundo incidente do género, em cerca de dois meses, envolvendo um navio militar desta frota. Na noite de 16 de junho a colisão do USS Fitzgerald com um navio filipino, ao largo da costa do Japão, fez sete mortos.