This content is not available in your region

Autoridades belgas abrem inquérito por "tentativa de homicídio em contexto terrorista"

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Autoridades belgas abrem inquérito por "tentativa de homicídio em contexto terrorista"

<p>A agressão com uma faca perpetrada hoje no centro de <strong>Bruxelas</strong> contra dois militares é considerada um <strong>“ataque terrorista”</strong> pela Procuradoria Federal belga.</p> <p>“Pensamos que se trata de um ataque terrorista”, indicou uma porta-voz, acrescentando que o atacante morreu, na sequência da resposta dos soldados com as suas armas de fogo.</p> <p>O homem “gritou duas vezes <em>Allah Akbar</em> (Deus é grande, em árabe) ao atacar os militares, precisou a mesma fonte.</p> <p>Apenas <strong>um</strong> dos dois militares ficou <strong>ferido</strong> no ataque.</p> <p>A Procuradoria Federalabriu um inquérito por <strong>“tentativa de homicídio num contexto terrorista”</strong>.</p> <p>O indivíduo, que teria cerca de <strong>30 anos</strong>, foi transportado para o hospital e acabou por sucumbir aos ferimentos.</p> <p>“Todo o nosso apoio para os nossos militares”, ‘tweetou’ o primeiro-ministro belga, <strong>Charles Michel</strong>, acrescentando: “Os nossos serviços de segurança mantêm-se atentos. Acompanhamos a situação de perto” com o Centro de Crise.</p> <p>A polícia foi destacada em massa, interditando o acesso a uma vasta zona.</p>