A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Autoridades belgas abrem inquérito por "tentativa de homicídio em contexto terrorista"

Autoridades belgas abrem inquérito por "tentativa de homicídio em contexto terrorista"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A agressão com uma faca perpetrada hoje no centro de Bruxelas contra dois militares é considerada um “ataque terrorista” pela Procuradoria Federal belga.

“Pensamos que se trata de um ataque terrorista”, indicou uma porta-voz, acrescentando que o atacante morreu, na sequência da resposta dos soldados com as suas armas de fogo.

O homem “gritou duas vezes Allah Akbar (Deus é grande, em árabe) ao atacar os militares, precisou a mesma fonte.

Apenas um dos dois militares ficou ferido no ataque.

A Procuradoria Federalabriu um inquérito por “tentativa de homicídio num contexto terrorista”.

O indivíduo, que teria cerca de 30 anos, foi transportado para o hospital e acabou por sucumbir aos ferimentos.

“Todo o nosso apoio para os nossos militares”, ‘tweetou’ o primeiro-ministro belga, Charles Michel, acrescentando: “Os nossos serviços de segurança mantêm-se atentos. Acompanhamos a situação de perto” com o Centro de Crise.

A polícia foi destacada em massa, interditando o acesso a uma vasta zona.