Última hora

Turquia "afasta-se a passos de gigante" da UE

A Turquia sob o regime de Recep Tayyip Erdogan afasta-se cada vez mais da Europa, na opinião do presidente da Comissão Europeia e da chanceler alemã.

Em leitura:

Turquia "afasta-se a passos de gigante" da UE

Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia sob o regime de Recep Tayyip Erdogan afasta-se cada vez mais da Europa, na opinião do presidente da Comissão Europeia e da chanceler alemã.

Num discurso perante os embaixadores da União Europeia, em Bruxelas, Jean-Claude Juncker afirmou que “a Turquia afasta-se a passos de gigante da Europa. Penso que ele quer que a Europa diga que põe fim às negociações para poder atribuir as responsabilidades unicamente à União Europeia e não à Turquia”.

Por seu lado, Angela Merkel disse, em Berlim, opôr-se atualmente ao diálogo para melhorar a união aduaneira com a Turquia. A chanceler alemã fez questão de sublinhar “aos três milhões de cidadãos turcos que vivem na Alemanha que gostaria de melhorar os laços com a Turquia, mas estes estão ligados à questão do Estado de Direito, que atualmente não está garantido no território turco”.

Merkel aproveitou a ocasião para exigir a libertação dos cidadãos alemães que se encontram em prisão preventiva “sem justificação” na Turquia, nomeadamente o jornalista germano-turco Deniz Yucel.

Lançadas em 2005, as negociações de adesão da Turquia à UE estão atualmente completamente estagnadas e as relações entre Ancara e Bruxelas degradaram-se bastante desde a tentativa de golpe de Estado e subsequente purga por parte do regime do presidente Erdogan.