Última hora

Última hora

Açores e Canárias apostam na cooperação marítima e aérea

Governos regionais assinam memorando de entendimento para avaliar sinergias.

Em leitura:

Açores e Canárias apostam na cooperação marítima e aérea

Tamanho do texto Aa Aa

Açores e Canárias assinaram um memorando de entendimento para avaliar possibilidades que potenciem sinergias em rotas aéreas e marítimas entre os dois arquipélagos e África, Europa e América.

O memorando foi assinado pelos presidentes do Governo regional dos Açores, Vasco Cordeiro, e da Comunidade autónoma das Canárias, Fernando Clavijo Batle.

Os dois governos comprometem-se a avaliar as condições e possibilidades para uma maior articulação de sistemas de transportes, para de impulsionar a complementaridade entre os ambos setores do turismo, bem como promover a exportação de bens das duas regiões.

Após a assinatura, Fernando Clavijo Batle salientou que os dois arquipélagos “coincidem em objetivos”.

Sinergias possíveis entre SATA e Canárias Binter

No caso dos transportes aéreos, o governante disse que a companhia aérea das Canárias Binter e a SATA, transportadora aérea açoriana, podem potenciar sinergias.

O presidente do Governo das Canárias referiu-se ao facto dos Açores terem voos diários para Boston, nos Estados Unidos da América, e Toronto, no Canadá, e as Canárias terem “mais de 55 voos semanais com África Ocidental”.

O chefe do executivo açoriano acrescentou que “há um potencial que pode e dever ser trabalhado, que mas tal “não se faz apenas com a vontade política”.

Vasco Cordeiro adiantou que, “se do ponto de vista comercial e empresarial essas operações fazem sentido e satisfazem o interesse de ambas as companhias, naturalmente” que, do ponto de vista político, se apoia esta iniciativa.

O documento prevê o fortalecimento da cooperação em organismos de cooperação inter-regional, designadamente da Conferência de Presidentes das Regiões Ultraperiféricas e da Conferência das Regiões Periféricas Marítimas da União Europeia.

Com Lusa