Última hora

Última hora

EUA suspendem proteção a cidadãos de El Salvador

Em leitura:

EUA suspendem proteção a cidadãos de El Salvador

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 200 mil salvadorenhos a viver nos Estados Unidos têm 18 meses para deixar o país ou encontrar uma forma de se legalizarem. O Departamento de Segurança Interna decidiu revogar o estatuto de proteção especial que permitia a estas pessoas permanecer no país, como consequência dos terramotos de 2001, que devastaram El Salvador e fizeram cerca de mil mortos. Esta decisão segue-se à revogação de estatutos idênticos que eram concedidos aos cidadãos da Nicarágua e do Haiti. O Estatuto de Proteção Temporária, conhecido pela sigla TPS, foi introduzido durante a presidência de George Bush pai e permite aos cidadãos de países afetados por catástrofes naturais permanecer nos Estados Unidos, independentemente de terem entrado no país de forma legal ou não.

Os Salvadorenhos representam, atualmente, mais de metade dos estrangeiros a viver nos Estados Unidos sob proteção.