Última hora

Última hora

Alerta máximo em Cabul após ataque talibã

Em leitura:

Alerta máximo em Cabul após ataque talibã

Tamanho do texto Aa Aa

Em Cabul, o estado de alerta continua no nível máximo na sequência do atentado que fez mais de uma centena de mortos e cerca de 230 feridos. A explosão na capital afegã teve origem numa ambulância armadilhada junto a uma zona onde se situam embaixadas e edifícios governamentais. Os talibãs reivindicaram o ataque.

Um residente local dizia-nos que "o medo de um novo ataque é diário. É muito perigoso para qualquer pessoa. Já não é seguro viver no Afeganistão".

Numa jornada de luto nacional, muitos internautas levaram a revolta até às redes sociais, publicando mensagens com críticas vincadas à atuação das autoridades e exigindo ao governo a declaração de estado de emergência.

Foi o terceiro atentado no país no espaço de uma semana, após a irrupção de um grupo armado no Hotel Intercontinental em Cabul, que resultou em duas dezenas de mortos, e o ataque contra a ONG Save The Children, em Jalalabad.