Última hora

Última hora

Netanyahu avisa Irão para "não testar determinação de Israel"

Em leitura:

Netanyahu avisa Irão para "não testar determinação de Israel"

Tamanho do texto Aa Aa

Benjamin Netanyahu deixou o alerta ao Irão: "não testem a determinação de Israel. Num discurso na Conferência de Segurança de Munique, o primeiro-ministro israelita referiu-se ao que chamou de novas agressões do regime de Teerão. Netaniyahu mostrou um fragmento apresentado como pertencente a um drone da Síria filmado na semana passada em território israelita. E chegou mesmo a dirigir-se ao ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, dizendo que Zarif deveria reconhecer o dito pedaço, uma vez que lhe pertencia. O chefe do governo israelita afirmou também que "Israel não vai permitir que o regime do Irão aterrorize o nosso país. Vamos agir, sem hesitações para nos defendermos. E vamos agir, se necessário, contra os que estão próximos do Irão, mas também contra o próprio Irão, caso nos ataquem".

A resposta foi dada no mesmo palco. O ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano classificou de "circo cómico" as acusações do primeiro-ministro israelita. Zarif também deixou um alerta: "posso garantir-vos que se os interesses do Irão não estiverem seguros, o Irão vai responder. E v ai ser uma resposta séria. Algumas pessoas vão lamentar ter tido este tipo de ações. Não vamos ser nós os primeiros a violar o acordo pelo qual todos lutámos, apesar das ações contrárias de Netanyahu".

Uma troca acesa de palavras no último dia da Conferência de Segurança de Munique. Um encontro em que também participou o ex-secretário de Estado norte-americano. Jonh Kerry afirmou que será muito complicado assegurar o cumprimento do acordo sobre o programa nuclear iraniano se este a tensão entre Israel e o Irão continuar a crescer.