Última hora

Última hora

Advogado de Donald Trump alvo de buscas do FBI

Em leitura:

Advogado de Donald Trump alvo de buscas do FBI

© Copyright :
REUTERS/Carlos Barria
Tamanho do texto Aa Aa

O FBI efetuou esta madrugada buscas ao escritório em Nova Iorque de Michael Cohen, o advogado do presidente dos Estados Unidos, por suspeitas de fraude.

Esta ação surgiu após despacho do procurador especial Robert Mueller, responsável pela investigação às alegadas ligações entre a campanha de Donald Trump e a interferência russa nas eleições presidenciais de 2016.

Segundo o jornal The New York Times, foram apreendidos registos de negócios, e-mails e vários documentos, inclusivamente relacionados com o pagamento à atriz de filmes pornográficos Stormy Daniels, que alega ter tido um caso com o líder da Casa Branca.

Michael Cohen admitiu já ter pagado 130 mil dolares em 2016 a Stormy Daniels, mas assegurou que o presidente dos EUA nada teve a ver com essa situação. Contudo, as autoridades acreditam que esse dinheiro serviu para comprar o silêncio de Stormy Daniels.

Trump já considerou estas buscas do FBI e a investigação liderada pelo procurador Robert Mueller uma "caça às bruxas" e uma "situação vergonhosa", deixando no ar a possibilidade de afastar o procurador.

As buscas ao escritório de Michael Cohen foram efetuadas pelo gabinete do procurador de Manhattan, de acordo com o advogado de Cohen, Stephen Ryan.

"A decisão da Procuradoria dos EUA em Nova Iorque de conduzir a investigação usando mandados de busca é completamente inapropriada e desnecessária", afirmou Stephen Ryan em comunicado.

O responsável referiu que as buscas resultaram na “apreensão desnecessária de comunicações protegidas entre um advogado e seus clientes", apesar de não especificar quais os documentos que foram levados pelos agentes.