Última hora

Última hora

Macron e Trump em jantar na Casa Branca

Em leitura:

Macron e Trump em jantar na Casa Branca

Tamanho do texto Aa Aa

A visita do presidente francês, Emmanuel Macron, aos Estados Unidos tem sido dominada pela questão nuclear iraniana.

Esta terça-feira, o casal presidencial dos Estados Unidos recebeu Emmannuel e Brigitte Macron na Casa Branca, para um jantar oficial de gala.

Em conferência de imprensa, antes do jantar, o Presidente francês, Emmanuel Macron, e o seu homólogo dos Estados Unidos, Donald Trump, defenderam um novo acordo para travar as ambições nucleares do Irão.

“Nós não temos as mesmas posições de princípio sobre este tema e tivemos uma conversa muito aprofundada sobre a questão” deste acordo assinado em 2015 com o objetivo de impedir o Irão de se dotar de armas nucleares, declarou Macron.

“Desejamos, por isso, poder a partir de agora trabalhar num novo acordo com o Irão”, acrescentou o chefe de Estado francês.

Por seu lado, Trump exigiu um novo acordo com bases “sólidas”.

“É um acordo com alicerces podres, é um mau acordo, uma má estrutura”, afirmou o presidente dos Estados Unidos.

Durante a sua campanha presidencial, Trump prometeu rasgar o acordo, desejado pelo seu antecessor na Casa Branca, Barack Obama, e fruto de anos de negociações.

Ameaçando passar à ação 15 meses após a chegada ao poder, Trump deu aos signatários europeus do atual acordo com o Irão (Alemanha, Reino Unido e França) até 12 de maio para o tornar mais severo.

“Veremos o que acontece após dia 12”, comentou.

Emmanuel Macron e a mulher encontram-se numa visita oficial de três dias aos Estados Unidos, numa decisão do presidente francês que contrasta com o postura de grande parte dos líderes da União Europeia, que têm optado pelo distânciamento em relação ao presidente Trump.