Última hora

Última hora

Vaga de calor mergulha Península Ibérica em temperaturas extremas

Em leitura:

Vaga de calor mergulha Península Ibérica em temperaturas extremas

Vaga de calor mergulha Península Ibérica em temperaturas extremas
Tamanho do texto Aa Aa

Uma vaga de calor mergulha a Península Ibérica em temperaturas extremas de quarta-feira até sábado.

A orientação dada às forças de segurança é que a tolerância será zero relativamente a comportamentos de risco

Eduardo Cabrita Ministro da Administração Interna

Os termómetros vão atingir os 45 graus em Portugal e um grau a menos em Espanha.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera decretou o aviso vermelho para os distritos de Bragança, Évora, Guarda, Vila Real, Santarém, Beja, Castelo Branco, Portalegre e Guarda.

A Proteção Civil decretou o "estado de alerta especial" para o combate aos incêndios e o ministro da Administração Interna deixou um aviso.

"A orientação dada às forças de segurança é que, na sua atividade fiscalizadora, a tolerância será zero relativamente a comportamentos de risco", disse Eduardo Cabrita.

Chegou a ser avançada a possibilidade da temperatura chegar aos 50 graus em duas localidades alentejanas, mas os técnicos de meteorologia esclareceram que se tratou de um erro técnico com os métodos de cálculo.

No caso de Espanha, as zonas mais afetadas pelo calor intenso serão Extremadura, Castilla La Mancha, Andaluzía, Madrid e Valle do Ebro.

"É mais do que horrível, é péssimo. Está muito calor e eu tenho muita dificuldade em lidar com o calor", disse uma transeunte de Madrid.

"Até agora não estamos a sofrer muito porque ainda não chegou em força, mas quando chegar vamos beber muita água para ficarmos bem hidratados. E claro, vamos tentar dar uma escapada até à praia", disse outro.

Os peritos em saúde alertam para a necessidade de aumentar a hidratação, evitar a exposição ao sol e a prática de desporto, e ter cuidados especiais com crianças, idosos e doentes.