Última hora

Última hora

Investigação a mestrado de Pablo Casado chega ao Supremo Tribunal espanhol

Em leitura:

Investigação a mestrado de Pablo Casado chega ao Supremo Tribunal espanhol

Investigação a mestrado de Pablo Casado chega ao Supremo Tribunal espanhol
Tamanho do texto Aa Aa

O único tribunal com autoridade para investigar um deputado tem agora em mãos o polémico "caso Mestrado" que envolve o líder do Partido Popular espanhol, Pablo Casado.

A juíza Carmen Rodríguez-Medel, que acredita que Casado teve um "presente académico" por causa da relevância política, passou o testemunho ao Supremo Tribunal.

Casado recebeu um título de mestre da universidade Rei Juan Carlos mas sem frequentar as aulas e graças às equivalências obtidas a 18 das 22 cadeiras. Diz que fez quatro trabalhos para obter os restantes créditos mas deles nem sinal.

Recusa demitir-se, mas à ex-presidente da Comunidade de Madrid, Cristina Cifuentes, não restou outra opção senão abandonar o cargo que ocupava e renunciar ao mesmo mestrado de Casado, em Direito Autonómico e obtido na universidade Rei Juan Carlos, após acusações de falsificação.