Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Investigação a mestrado de Pablo Casado chega ao Supremo Tribunal espanhol

Investigação a mestrado de Pablo Casado chega ao Supremo Tribunal espanhol
Tamanho do texto Aa Aa

O único tribunal com autoridade para investigar um deputado tem agora em mãos o polémico "caso Mestrado" que envolve o líder do Partido Popular espanhol, Pablo Casado.

A juíza Carmen Rodríguez-Medel, que acredita que Casado teve um "presente académico" por causa da relevância política, passou o testemunho ao Supremo Tribunal.

Casado recebeu um título de mestre da universidade Rei Juan Carlos mas sem frequentar as aulas e graças às equivalências obtidas a 18 das 22 cadeiras. Diz que fez quatro trabalhos para obter os restantes créditos mas deles nem sinal.

Recusa demitir-se, mas à ex-presidente da Comunidade de Madrid, Cristina Cifuentes, não restou outra opção senão abandonar o cargo que ocupava e renunciar ao mesmo mestrado de Casado, em Direito Autonómico e obtido na universidade Rei Juan Carlos, após acusações de falsificação.