This content is not available in your region

Hofer, um "lobo com pele de cordeiro"

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa
Hofer, um "lobo com pele de cordeiro"
Direitos de autor  REUTERS/Leonhard Foeger   -  

Quatro meses depois do escândalo Ibizagate, que afastou o FPÖ da coligação governamental, as esperanças de um regresso ao poder da extrema-direita austríaca residem no currículo imaculado do novo líder da formação, Norbert Hofer.

O engenheiro aeronáutico navega na política austríaca desde a mais tenra idade: jovem militante do FPÖ, seguindo nas pisadas do pai, foi entre 2013 e 2017 vice-presidente da Assembleia Nacional, conquistando respeito para além das fileiras do partido populista.

A bengala que tradicionalmente o acompanha, é consequência de um acidente de parapente sofrido em 2003.

Em 2016 chegou a vencer a primeira volta das presidenciais, mas acabou derrotado face ao ecologista Alexander Van der Bellen. Até à queda do governo, em Maio deste ano, ocupava o posto de Ministro dos Transportes.

Hofer é muitas vezes classificado de "lobo com pele de cordeiro" já que, lado a lado com um permanente sorriso e postura afável, exibe uma posição estritamente nacionalista, classificando nomeadamente os refugiados como "invasores".