This content is not available in your region

Estados Unidos enviam mais 2.000 soldados para a Europa

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Soldados ucranianos no leste do país
Soldados ucranianos no leste do país   -   Direitos de autor  AP Photo/Pavlo Palamarchuk   -  

Muito em breve, vão chegar mais 2 mil soldados americanos ao leste da Europa. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, decidiu enviar um novo contingente para a Polónia e a Alemanha, mobilizando também cerca de mil militares que se encontram em território alemão para a Roménia.

Putin não mostra qualquer sinal de querer aliviar a tensão.
John Kirby
Porta-voz do Pentágono

Obviamente, é a questão ucraniana que está no centro das preocupações.

"O senhor Putin continua a reforçar os militares no terreno e a capacidade ofensiva, mesmo nas últimas 24 horas. Continua a mobilizar forças para a parte ocidental da Rússia, para a Bielorrússia, para o Mediterrâneo e o Atlântico Norte. Não mostra qualquer sinal de querer aliviar a tensão", afirmou John Kirby, porta-voz do Pentágono.

Por seu lado, Moscovo declara que se trata de uma decisão "destruidora".

E, no entanto, o espetro de uma invasão a todo o momento ganha mais corpo quando já estão posicionados nas fronteiras ucranianas cerca de 100 mil soldados russos.